Ok, eu sei, vocês já devem estar cansados de ouvir falar da série da Netflix que narra coisas bem estranhas que acontecem em uma cidadezinha. Mas, eu ainda não tinha reservado um tempo para falar dessa beleza aqui então vamos lá:



Ambientada em Montauk, Long Island, conta a história de um garoto que desaparece misteriosamente. Enquanto a polícia, a família e os amigos procuram respostas, eles acabam mergulhando em um extraordinário mistério, envolvendo um experimento secreto do governo, forças sobrenaturais e uma garotinha muito, muito estranha.



Quando a Netflix estreou em julho a sua nova produção logo começou um burburinho em várias redes sociais. O burburinho logo se tornou alvoroço, porque não bastasse a história interessante, conhecemos o elenco e nos apaixonamos real pelas crianças que dão vida aos personagens. Na história, há três pares de investigação sobre o desaparecimento de Will (Noah Schnapp): seus inseparáveis amigos, Lucas (Caleb McLaughlin), Mike (Finn Wolfhard) e Dustin (Gaten Matarazzo) que esbarram com a garota "estranha" Eleven (Millie Bobby Brown), Joyce (Winona Ryder) a mãe do menino e o Jim (David Harbour ) xerife da cidade e os adolescentes Jonathan (Charlie Heaton)  irmão de Will, Nancy (Natália Dyer) e correndo por fora Steve ( Joe Keery). Em alguns momentos, dá agonia de ver que o que um grupo descobre ajudaria o outro, mas quando todos esses núcleos se juntam (no momento perfeito) temos o grande clímax.

Resultado de imagem para stranger things

Além do sumiço de Will, a trama também nos mostra dramas desses personagens envolvidos e uma empresa bem esquisita que está acobertando coisas estranhas que acontecem na cidade. Eleven era mantida prisioneira por seu "papai" e conta com a ajuda dos meninos para não ser capturada. A história terminou com várias interrogações ainda, bem do jeito que a gente gosta. E como a segunda temporada já foi confirmada para o ano que vem, o que nos resta é comemorar! Mas, para quem ainda não assistiu, eu trouxe alguns motivos que vão deixar com vontade.

Resultado de imagem para stranger things jim

1- Referências anos 80

Para começar, a série se passa em 1983 e isso por si só já seria uma bela homenagem as produções que foram ao ar nos anos 80. Mas os produtores não pararam por ai. Stranger Things toda é referência. Em diversos momentos, nos sentimos assistindo a Alien, ET, Os Goonies, Conta Comigo,  Poltergeist e muitos outros que nem dá para listar. A prórpria Barb (amiga da Nacny) me lembrava alguém que não sabia quem era: uma personagem de "Os Goonies". E é isso que faz a obra ser maravilhosa: é uma junção de muita coisa boa e de gêneros distintos. A Mandy fez uma seleção aqui outro dia, de filmes dos anos 80 para quem amou a série, é só clicar aqui.

E para quem nunca percebeu as semelhanças, olha só esse vídeo, com as comparações:




2- Atuações


Ok, já falei que nos apaixonamos pelo elenco infantil, mas o que dizer do restante? Winona Ryder que estava sumida das telas, deu um show na pele da desesperada mãe de Will, que dá uma de paranormal e desafia a todos para encontrar seu filho. O intérprete do xerife também não fica atrás, com seus dramas pessoais e ascensão na trama. Sem falar do plot adolescente de Nancy e Jonathan (que não são um casal ainda, mas a gente segue na torcida) a graça aqu foi desconstruir o mauricinho Steve e formar um triângulo amoroso.Todos os atores colaboraram muito para todo essa atenção a série. E menina Eleven jamais será esquecida. Voltando a falar desse cast infantil poderoso, Caleb, Millie e Gaten se apresentaram antes das premiações do Emmy e foi um amor! Segue o vídeo também.

Team Eleven

Resultado de imagem para stranger things steve

Resultado de imagem para stranger things parede





3- Trilha Sonora

A começar pela canção de Will e o tema de abertura que marcam, a série acertou e muito na trilha sonora. Mandy também fez um post em relação a isso, que vocês conferem aqui. Quem já saiu por ai cantando o "shurastei ou shuragou?" hahaha




4- A fonte

Falando do tema de abertura, outra coisa que pegou foi a fonte usada na abertura. A  ITC Benguiat foi criada em 1977, tem grande influência de Art Nouveau e aparece em alguns momentos importantes da cultura dos anos 80 e 90: ela foi a escolha para a capa de diversos livros de Stephen King, aparece na arte de “Strangeways Here We Come”, dos Smiths, e também fez parte de uma das mudanças de fonte da série “Star Trek”, já nos anos 90. Agora a nova moda é fazer memes com ela, quem já viu por ai? Só entrar no site Make it Stranger e criar o seu.



Acho que já dei os motivos que me fizeram se encantar com a série. Para quem já assistiu, concordam? E quem não viu, CORRE!



PS: Quem captou a mensagem? HAHA. A Netflix também um site disponível para criarmos nossa mensagem na parede mais famosa dos últimos tempos. Vem!


Besos!


14 Comentarios

  1. Aaah como eu amei esse post! Dá até saudades hahaha, queria desver tudo só pra ver de novo e ter a mesma sensação de amor por essa série! Gente gostei muito das referências, e por favor ne, quem não amou a apresentação deles no Emmy *--* Umas gracinhas!
    Hahahah gostei também de poder escrever com essa maravilhosa fonte e mandar uma mensagem obscura na parede kkkkk <3333
    Beijinhos!
    https://myworstthoughts.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei fazer esse post, ficou bem completo né?
      Essas crianças são demais <3
      Beijooos

      Excluir
  2. Mensagem: coisas da juu, adorei, não estou acompanhando a série, assisti somente o episódio número 1 ou seja o piloto onde tudo acabou de iniciar, e não tenho ainda muitas coisas a falar. Mas que está sendo um auê em cima da série ah isso está sendo sim. Vou continuar assistindo sim como disseram é curtinha, tem apenas 8 episódios a primeira temporada. hihi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acertou!! rs
      Corre para terminar, vai amar!
      Bjs

      Excluir
  3. Oiii Ju! Aaaain fla sério essa série tã dmais gte! Quem não viu ainda corre pq é mto top! Estou mto ansiosa para a próxima temporada!
    Amando a playlist!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Amei a série e amei sua publicação <3

    ResponderExcluir
  5. Essa série é demais e com certeza duas coisas que fazem ela ser incrível é a trilha sonora e as referências ^^
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
  6. Amei o post e a mensagem! Já assisti a série e adorei! Agora na expectativa da continuação para o ano que vem. A história prende atenção da gente e os personagens, principalmente mirins, são excelentes. Ótima resenha e dica. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Ola,
    Que post mais gostoso, a vontade de inciar a série só esta aumentando, eu estou terminando um seriado, para poder começar ele, que bom que gostou, estou com as expectativas lá em cima.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corre que tenho certeza de que não vai se decepcionar!
      Beijooos

      Excluir