Oi gente, a partir de hoje farei reviews semanais dos episódios da série "Teen Wolf". Comecei a assistir esse ano, e graças ao bom ritmo que a série tem, me vi presa as temporadas e consegui alcançar a temporada atual, a quarta. Não fiquei cansada, ou senti que faltava muita coisa, porque a série realmente possui um ritmo intenso, e assistir tudo de uma vez é até bom. O martírio agora será esperar uma semana a cada novo episódio... rs


Até a segunda temporada, a série era mediana. Possuía um bom suspense, mas faltava efeitos especiais e uma boa fotografia. Acontece que da terceira temporada para cá, que foi dividida em A e B, a série deu um salto, tanto nos quesitos que faltavam quanto em mitologia. E eu adoro séries que têm história para contar. Alguns personagens deixaram a série (bye Isaac e gêmeos, R.I.P Allison) o que me fez suspeitar que o 4º ano fosse ser bom, mas vem recebendo bons índices e o suspense continua ativo. Alguns episódios são mais calmos, como esse, mas são muito intensos e alguns momentos dá para perder o fôlego.
Feita essa introdução, vamos ao episódio em si. Depois que os Órfãos foram mortos, era evidente que o Benefactor iria contratar mais alguém para matar os seres sobrenaturais de Beacon Hills. O curioso é que nossos heróis já escaparam duas vezes. Acho que se entrar em mais tentativas ao longo da temporada perde a graça, mas é difícil prever. A cada semana temos uma novidade ou algo que você nem imaginaria. Desse vez foi um vírus, que prendeu Scott e os amigos na escola. Era óbvio que aos 45 do segundo tempo eles seriam salvos, mas deu muita agonia ver o desenrolar.



E a quase morte do Stilles? NÃO, eu não aceitaria . Dylan O'Brien vem dando um show desde quando o personagem foi possuído na 3B, e vinha sendo mais ele nos episódios, com o humor escrachado e os passos de detetive. Mas nesse episódio, mesmo também estando infectado ele ajudou ao máximo aos amigos e o desgaste e o rosto de alívio do final deram ao Dylan mais uma ótima oportunidade de mostrar seu talento. Só não sei como vai ficar com a Malia agora, visto que ela descobriu que o Peter Hale é o pai dela, e que ele estava escondendo. Gosto da Malia, de verdade. Espero que ela não demore para perceber que o Stilles só queria o bem dela. Até porque o Peter é uma peste que amamamos odiar.
Lydia é outra que está crescendo e amadureceu muito. Fico lembrando do romance com o Jackson e se as coisas seriam diferentes se o personagem não tivesse saído após a segunda temporada. Ela pedindo desculpas a falecida Meredith foi de emocionar. E será que elas são parentes?
Bom, acho que o desfecho do episódio foi para percebermos que esse vilão não está para brincadeira e que os personagens secundários são tão importantes quanto o protagonista que mal tem muito destaque. A mãe da Lydia que fez fluir ao perceber o vírus, a mãe do Scott e o Deaton também arrasaram. E Derek Hale, por favor não morra! 
É isso, gente! para quem acompanha Teen Wolf, temos encontros semanais agora, beijinhos e até semana que vem.



2 Comentarios

  1. Oi Jú..
    Eu sou péssima para assistir séries..nunca continuo. Essa eu ainda nem conhecia.
    Comecei a assistir A guerra dos tronos, essa eu sou pegar firme..rs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falam muito bem de Game of thrones, Le!
      Teen Wolf descobri no Netflix e devorei episódios, rs
      Beijinhos

      Excluir