Geente, hoje é dia de novidade de uma das editoras parceiras, a Andross Editora. Vai acontecer uma publicação de contos em 2015, e qualquer pessoa pode enviar. Eu, particularmente, acho que vou mandar. Sonho com uma publicação! O tema é bem legal e a editora super séria e confiável, para quem quiser conferir a história só clicar. Vamos às informações:

"Até 31 de dezembro de 2014, a Andross Editora estará recebendo contos pós-apocalípticos em que a humanidade sofre com a escassez da água”
 

A Andross Editora está recebendo contos de novos escritores para publicação no livro “Sede - Contos distópicos sobre um futuro sem água ”, a ser lançado em maio de 2015 no evento Livros em Pauta.

Qualquer pessoa pode participar. Basta acessar o site 
www.andross.com.br, ler o regulamento de participação e submeter seu texto à avaliação. As inscrições vão até 31 de dezembro de 2014.
Paola Giometti




















“A recente crise da água em São Paulo nos fez pensar em como seria um futuro onde esse item essencial à sobrevivência se tornasse escasso. Existem filmes em que outros itens essenciais à sociedade se tornaram raridade, como terra, em Waterworld, e gasolina, em Mad Max. Mas histórias em que o mais básico à sobrevivência fosse o que mais faz falta, isso a gente ainda não viu por aí”, explica Paola Giometti, a organizadora do livro. “Queremos tramas que explorem todas as dificuldades que uma sociedade sofreria, como economia, criação de animais, agricultura, criminalidade... É claro que em contos é difícil contemplar todos esses aspectos. Portanto, esperamos receber contos que se foquem em um ou dois deles”, completa.


 SINOPSE DO LIVRO:
2013: o clima seco além do normal não chamou atenção do governo.
2014: com menos de 3% de capacidade do reservatório de água da capital paulista, o governo declarou que está tudo sob controle.
2017: a água quase desapareceu das regiões sudeste e nordeste do país, com uma parcela pequena de pessoas com acesso a ela.
2049: a população brasileira caiu vertiginosamente para 8%.
O ano atual é 2065. A falta de um recurso tão essencial nivelou pobres e ricos em uma única categoria: sobreviventes. A conhecida frase da ficção “em um futuro não muito distante” nunca foi tão aterrorizante.


SERVIÇO: 
Livro:Sede - Contos distópicos sobre um futuro sem água” 
Organização: Paola Giometti
Envio do texto: até 31/12/2014
Lançamento: Maio de 2015 (no evento Livros Em Pauta
Regulamento: no site www.andross.com.br 
Realização: Andross Editora


E aí? Para quem gosta de escrever e tem tempo é uma dica e tanto. Como as inscrições vão até o final de dezembro,  acho que vou me programar, até lá acabou a mono se Deus quiser hahaha.
Besos e boa sorte!



6 Comentarios

  1. Adorei a ideia!
    Vou ver se consigo criar alguma coisa legal pra participar.
    Beijos. ♥
    http://infinitafeminice.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiee, tudo bem?

    Tenho dois amigos que participaram de coletâneas da Andross. A editora tem projetos bem legais.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Ju, a coletânea me pareceu bem interessante, me parece ser algo não muito distante da nossa sociedade, interessante para se refletir.
    Adorei conhece-lo aqui no seu cantinho!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei a mesma coisa, Joi!
      Parando para pensar e se um dia isso acontecer de fato?
      Beijos e obrigada!!

      Excluir