Olá pessoas, tudo bem? 

Eu nunca li nenhum livro do Nicholas Sparks, mas em compensação assisti quase todos os filmes que já foram adaptados. Os filmes parecem que seguem uma fórmula, mas que não sei por quê eu sempre acabo gostando do filme e até chorando. E, dessa vez, não poderia ter sido diferente.


O filme vai contar sobre o breve e, ao mesmo tempo, eterno romance entre duas pessoas completamente diferentes. Dawson e Amanda apaixonam-se perdidamente, mas por ironia do destino acabam se separando e cada um passa a viver a vida. 20 anos depois, após a morte de um amigo em comum, eles reencontram-se e todo aquela paixão, que até então estava adormecida, renasce. 


O filme tem a fórmula mágica das outras adaptações, porém o final deixa de ser bonitinho, com aquele final feliz, sabe? "O melhor de mim" tem algo meio inesperado ao final de sua trama (mas que eu achei meio previsível). O filme tem flashbacks, o que facilita muito na hora de contar a história do casal, coisa que eu particularmente gosto.

O casal mais jovem é o mais simpático e tem um carisma mais realístico. Sei lá, conseguiu rolar uma identificação melhor do que com o casal adulto. Já o tal casal adulto, parece muito artificial e até forçado. Pelo menos foi a impressão que eu tive. 


Quando resolvi assistir ao filme, eu queria algo triste, que me fizesse chorar e que deixasse meu coração carente. Bom, nesse caso, o filme cumpriu perfeitamente com o objetivo. Eu chorei, dei umas risadinhas e valeu a experiência. Se é isso que você está procurando então vá fundo nesse filme. 



Título original: The best of me
Duração: 118 minutos
Direção: Michael Hoffman
Ano: 2014


7 Comentarios

  1. Oii Rosana, td bem? Eu assisti esse filme já, é lindo! Mas assisti só depois de ler o livro. Sempre acho o livro melhor né rs, mas gostei desse mesmo assim :)
    É uma ótima indicação para quem gosta de romances!

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rosana!
    Nunca li nada do autor e também não assisti os filmes. Mas pretendo, uma hora dessas! Tenho curiosidade, apesar de não fazer muito meu estilo. Parece bem bonita essa história e bem envolvente também.
    Obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Melhor livro do Sparks em minha opinião, o filme é lindo também!

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha escutado falar sobre o filme, mas admito que nunca procurei saber melhor. Lendo sua resenha eu fiquei curiosa, talvez eu assista.


    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpageInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Já vi esse filme, gostei muito também, mas não li o livro...de fato os filmes baseados nos livros dele são ótimos!

    ResponderExcluir
  6. Aain q lindo!
    Não conhecia e já me apaixonei pela história!!
    Qrooo ver!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Rosana!
    Acredito que todos os livros do Nicholas tem a mesma forma e gosto demais, e, os filmes vão no mesmo caminho.
    Ainda não assisti esse, mas quero muito porque já li o livro e amei.
    “Só a mágoa deveria ser a instrutora dos sábios; Tristeza é saber.”(George Lord Byron)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir