Olá! Hoje eu trouxe a resenha de um filme sensível, uma aventura inesperada e que nos prende do começo ao fim, que esteve na minha última lista do Mais filmes em 2015, aqui.  Preparados?


Aos doze anos de idade, T.S. Spivet é um garoto superdotado, apaixonado por cartografia. Quando ele ganha um prêmio científico prestigioso, o garoto decide abandonar sua família em Montana para atravessar sozinho aos Estados Unidos, até chegar a Washington. O único problema é que o júri não sabe que o vencedor ainda é uma criança.

O que dizer desse filme além de que foi uma bela surpresa? T.S. é fofo demais. Primeiro, somos apresentados a sua vida no rancho e a sua família, tudo narrado por ele em primeira pessoa. Descobrimos que o garoto é tipo um gênio, entendendo sobre coisas muito complicadas e tentando desvendar o mistério do movimento perpétuo. Também vamos descobrindo mais sobre sua família: a mãe é uma pesquisadora de insetos, vivida pela incrível Helena Bohham Carter e o pai, o oposto da dela, é um cowboy de poucas palavras. O menino tem ainda uma irmã, Gracie, aspirante a miss Montana e um irmão, Layton, que descobrimos que morreu por um acidente envolvendo uma arma.
                                       
Uma Viagem Extraordinária | Crítica

A primeira vista, eu diria que a sinopse cumpre o papel de resumir bem a obra. Entretanto, é impossível não mudar de ideia após assistir, porque não é somente uma história sobre um garoto que abandona a família para correr atrás dos sonhos. No começo do filme temos umas cenas intercaladas entre o presente (quando TS recebe a ligação de Washington) e o passado, quando seu irmão ainda era vivo.e aí é possível notar que apesar de nada ser dito, a morte de Layton abalou profundamente a família, principalmente TS. O garoto na verdade parte em busca de um consolo, de uma válvula de escape. Então eu iria além do que simplesmente definir o filme como "uma road trip de um garoto de 12 anos", eu definiria o filme como profundamente existencialista e que tem como tema central a morte. 

                                                                

E sim, um tema tão denso foi tratado com tamanha sensibilidade. T.S pega o trem que previamente já nos é avisado a que horas parte e vai se escondendo até chegar ao seu destino. Conhece pessoas bem legais, que na verdade poderiam ser assassinos ou aproveitadores, como o Ricky, o cara do caminhão que tira uma foto com todas as pessoas que dá carona e  Deux, um senhor que vive nos trilhos de carregamento e que também nos ensina muito. Além de dar sorte com quem cruza seu caminho, também dá sorte em seu aspecto físico. Em uma perseguição, T.S sai bastante machucado, mas eram "apenas" suas costelas, o que não o impede de fazer o discurso. Lógico que os momentos finais são de grande aprendizado para toda a família e para nós, os expectadores.
                                            

Além da morte, também somos surpreendidos com uma paródia das grandes mídias sensacionalistas e claro, como uma crítica.  O longa até me lembrou o Mark do livro "Essa é a mais pura verdade", pelo fato dos personagens serem tão novos e lidarem com a morte e também de que saem em busca de uma grande aventura. De fato, Spivet nos ensina muito com sua jornada e ao final temos aquela sensação de repensar nossos conceitos e atitudes. Vale dizer que o filme tem momentos divertidos e não apenas dramas. A fotografia está belíssima e é impossível não babar pelos cenários. Parabéns ao diretor, que é o mesmo do meu queridinho "O fabuloso destino de Amélie Poulain" (o que explica muita coisa) e ao incrível Kyle Catlett que nos comove a cada cena na pele do sensível, inteligente e adorável T.S. Spivet. Recomendo e muito!

Besos.                                            
Lançamento: 6 de novembro de 2014 (1h45min) 
Dirigido por: Jean-Pierre Jeunet
Com:Kyle Catlett, Helena Bonham Carter, Robert Maillet e mais.
Gênero:Aventura , Drama , Família
Nacionalidade:França , Canadá








23 Comentarios

  1. Olá! Esse filme deve ser incrível! Não sabia da sua existência e agora estou louca para assistir. Pelo visto, tanto diretor quanto elenco são excelentes, além dos outros elementos, como a fotografia. Além disso, adoro road movies e acho que irei me surpreender com esse. Obrigada pela dica!! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada Camila! Foi uma ótima descoberta mesmo.
      Beijinhos

      Excluir
  2. Oi Linda!
    Que filme incrível! Fiquei curiosa para assitir.
    As fotos estão lindas e sua empolgação é contagiante.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Ola Ju lindona gostei do filme, e menina como assim 12 anos viajando, imagino as aventuras que ele deve viver e as pessoas que conheceu, realmente lembra um pouco A Mais pura verdade com a diferença que esse protagonista é um gênio. Dica anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ele e o Mark tem uma coragem que olha... Hahahahahah

      Excluir
  4. nao conhecia esse, mais adorei a resenha dele,deve ser um filme bem emocionante vou procurar ele e baixar já.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro, vou procurar mais. Porém saber que lembra o protagonista de A mais pura verdade já me deixou preocupada, achei o personagem chato :(

    ResponderExcluir
  6. Eu fiquei interessado por esse filme desde que vi ele no blog, mas, infelizmente, ainda não tive a oportunidade de assisti-lo, pois meu notebook está com problema <3

    ResponderExcluir
  7. Eu disse a mim mesma que ia assistir esse filme quando vi sua resenha no blog Tudo Que Motiva e até agora não consegui >.< Mas gente, parece ser muito amor.
    E não sei se disse no outro blog, mas sua resenha ficou bem bacana, completinha ^^
    Bjss
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Incrível como o universo conspira. Estava eu ontem mesmo falando sobre querer um filme diferente, sensível e gostoso de assistir, hoje em dia são tão raros.
    Daí vim aqui e achei essa dica preciosa. Obrigada!
    Vou assistir, com toda certeza.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Preciso assistir esse filme. Gostei bastante da sinopse e o fato de ter algo mais do que um garotinho abandonando a família para correr atrás de seu sonho, me chamou atenção.
    Dica anotada!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  10. Nossa não conhecia o filme que lindo. Com certeza vai entrar na minha lista, fiquei com muito vontade de assistir.
    Parece uma história incrível e esse ator deve ser maravilhoso porque penso que não deve ser um papel fácil de interpretar.

    Beijos
    Fer
    http://www.matoporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Juliana, não foi um filme que tenha me interessado muito.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Oi Ju, sua linda, tudo bem?
    A morte de alguém da família sempre destrói a todos. O problema, é que quando existem outros filhos, os pais não conseguem lidar com a própria dor e ainda consolar os que estão vivos. E eles sofrem muto com isso. Não conhecia esse filme, mas tenho certeza de que irei me emocionar muito com a história dele. Que vontade de colocar ele no colo, mas já vi que quem vai precisar de colo serei eu, pois ele é corajoso.
    Sua crítica do filme ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Julianaaaa dica mais que anotada, já sei o filme que irei ver nesse domingo. Só pela sua resenha fiquei encantada pelo garotinho do filme e quero conhecer essa jornada dele que realmente me parece ser extraordinária. *-*

    Bjuus e mais uma vez valeu pela dica!!!

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Como eu não assisti esse filme ainda? Fiquei muito curiosa com a história, já sei o próximo filme que vai passar lá em casa.
    Vivi
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  15. Nossa, deve ser um filme muito lindo...será que vou precisar de lenços de papel pra assistir?? heheh provavelmente, já que com o trailer fiquei com o gostinho de que deve ser uma história incrível...vou assistir com certeza.

    ResponderExcluir
  16. Eu já tinha visto o poster desse filme e tinha ficado interessada em assistir, mas ainda não assisti =/ Agora lendo essa resenha e com a Helena no elenco, quero muitoooooooo assistir. :) Parece ser um bom filme.

    ResponderExcluir
  17. Oi Ju,

    Nossa este filme deve ser bem intenso e deve propiciar muitas reflexões, principalmente ser um estímulo e um alerta para a questão de corrermos atrás dos nossos sonhos. Um tema forte para mim é a morte, coisa mais difícil de lidar. Quando você presencia a partida de outras pessoas parentes de amigos você fica triste, dói ver a dor do outro, mas nada se compara quando se enfrenta a perda ou a partida de um ente querido da família, um amigo(a) próximo. Eu sei bem o que é isto, pois perdi meu este ano. Mas, este filme é realmente uma dica muito bacana.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  18. Eu achei uma fofura, as fotos são lindas, e a história parece ser encantadora!!!
    Não vejo a hora de ler, apesar de ter quase certeza que o final será triste kkkkkkk
    Parece ser muito lindo e profundo.
    Esse assistirei! SEM FALTA! rs
    bjs

    ResponderExcluir