Este é um livro que eu indico para todos os leitores que são românticos incorrigíveis, conhecedores do estilo, ou não. Sou um pouco restrita com os romances atuais que leio, mas podem ter certeza O Pássaro ganhou-me por completo. Um dos livros brasileiros atuais que li e amei, Samanta nos conquista com sua escrita leve e sutil.

O livro fala sobre Caroline, uma jovem que nunca foi muito de acordo com as convenções da sua época, mesmo tendo tudo que uma menina da sua idade poderia desejar: dinheiro, um bom partido para casar e que a ame - Filip -, e um nome conhecido na sociedade. Mas sua indignação começa quando ainda criança tem um diálogo com o filho de um dos vassalos de seu pai, Bernado, um garoto que entende como o mundo é, e como quem tem dinheiro o controla. Após questionar ao pai porque o mundo é assim, sua vida e sua forma de ver o mundo nunca mais foi a mesma. Anos se passaram, até que em uma noite conturbada Caroline reencontra Bernado e os dois começam a lembrar de quando se conheceram  e desenvolvem uma amizade de amor e ódio, mas de muito companheirismo. Mas com o passar do tempo os dois vêem que tem algo em comum: a prisão em que vivem. Ela por estar presa a sociedade por ser quem é e ter o que tem; ele por estar preso a sociedade, ser um vassalo e não ter condições de sair dessa vida. 

Caroline e Bernado, mesmo tendo uma amizade conturbada e um sentimento estranho entre os dois, acabam sem querer entrando numa história de amor e enfrentando o sistema em que vivem. Uma história intensa, com segredos avassaladores, cheia de magia e nada previsível! Ao passo que vão se aproximando, percebem que suas vidas estão ligadas há muito tempo e há um povo diferente dos que estão acostumados, os ciganos, que para Caroline eram chamados de Malditos por serem nômades e pagãos. Mas algo mais além, há três gerações atrás esse povo fez grande diferença na vida dela.

Se recomendo essa leitura? Sim, muito. Peço que deixem qualquer preconceito literário por ser um livro brasileiro, pois eu também o tinha e vejo agora o quanto eu perdi com isso. Samanta Holtz tem outros dois livros já lançados Quero ser Beth Levitt e Renascer de um Outono. E quando você terminar de ler e bater aquela necessidade de mais, porque vai bater, a Samanta lançou recentemente um conto em ebook de Natal de O Pássaro, mas só leia depois de ler O Pássaro, tem spoilers fortíssimos!







8 Comentarios

  1. Eu sempre achei a capa desse livro muito linda, compraria ele só pra tê-lo na minha estante. E já ouvi críticas maravilhosas também. O único problema é que eu não sou lá essas romancistas, no fim tenho certeza que não ficaria muuito satisfeita.
    Adorei a resenha, muito bem feita, na minha opinião.
    photo-and-coffee.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Belle, bom o romance é o foco, mas o livro é tão recheado de outras coisas e mensagens na sua entre linha ao falar de liberdade, relacionamento familiar, que tenho certeza que a leitura valeria a pena <3

      Excluir
  2. Oi, não conhecia o livro. Não sou muito de romances mas esse me chamou a atenção por se passar em uma época bem anterior e que pelo visto não é centrada num romance. Isso de ser nacional não me incomoda em nada, pois amo livros nacionais. Bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que mais me impressionou o livro foi a construção de personagens, e o universo diferente que a escritora trabalhou como o feudalismo e os ciganos. Ainda bem que você não tem esse preconceito literário que vejo em outras pessoas <3

      Excluir
  3. Oiee ^^
    Ainda não li esse livro, mas é um dos primeiros na minha listinha de desejados. Conheço a escrita da Samanta, então sei como o livro deve ser incrível, e os personagens, encantadores ♥

    ResponderExcluir
  4. Querida Dâmaris,

    Que delícia encontrar uma resenha tãooo linda de "O Pássaro" por aqui! <3

    Muito obrigada pelos lindos elogios à minha história! Fiquei muito feliz em saber que foi uma leitura tão agradável e que a história não somente a tocou como ajudou a vencer a má impressão com leitura de nacionais :D De fato, esse é um sentimento que percebo em muitos leitores, e sei que é essa a forma de vencermos: com literatura de qualidade!

    Beijos e, novamente, muito obrigada pelas palavras!

    Com amor,
    Sam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sam <3
      Sempre serei apaixonada por esse livro devido a toda identificação que tive com ele e a personagem principal. E obrigada por sempre estar comentando as resenhas de nós que amamos seus livros.

      Tudo de bom <3

      Excluir
  5. Primeiramente que capa linda, vontade de ter na estante. Gostei da sua resenha, nunca tinha ouvido falar desse livro e gostei muito da historia. Tenho lido livros com esse tema de sociedade dificil de se viver e gosto bastante.
    Ps.: Sempre dê uma chance para os livros brasileiros, eles tem me encantado cada vez mais e é muito bom ver o Brasil crescendo no mundo literario.
    Beijinhos :)

    ResponderExcluir