Oláá! 
Mais um filme para a série Oscar! O filme de hoje nem é tão novo, na verdade ele tem 12 anos de vida, porém só no ano de 2014 foi concluído. Boyhood tem 6 indicações: melhor filme, melhor diretor, ator e atriz coadjuvante, roteiro original e montagem. 

O Diretor Richard Linklater passou 12 longos anos acompanhando a vida do protagonista Mason, interpretado por Ellar Coltrane, desde os 5 anos até os 18 anos. No filme então temos Patricia Arquette (que vive a mãe do menino), Lorelei Linklater (irmã de Mason no filme e filha do diretor na realidade) e Ethan Hawke (pai das crianças). O filme tem 2h45min de duração, é um filme bem longo e acredito que seja o suficiente para mostrar um filme de 12 anos.



O filme fala sobre a vida de Mason, ele é filho de pais divorciados e mora com sua mãe e irmã. Ele desde pequeno tem que lidar com as idas e vindas do pai ausente, os relacionamentos conturbados da mãe e as mudanças de cidade e de estilo de vida. O filme procura evidenciar toda sua trajetória, seus sentimentos e suas frustrações, de fato quer mostrar o amadurecimento e o crescimento do garoto e da sua família. 

Trata-se de uma obra única e com uma beleza singular. O filme quer mostrar que todos temos problemas na vida, que a vida de ninguém é perfeita, erros são cometidos diariamente e que apesar das dificuldades sempre seguimos em frente. O filme não tem uma história em si, a vida é a história e a vida nos mostra o quanto é difícil crescer amadurecer, envelhecer e passar por todo esse processo sem danos isso é impossível

Detalhes importantes:
- achei a irmã de Mason meio blah sem graça. Apesar dela compartilhar alguns momentos bem interessantes, não fiquei fã. 

- Patricia Arquette, que é a mãe, consegue mostrar muito bem o quão difícil é envelhecer, ainda mais se você for divorciada duas vezes, ter que batalhar para conseguir o emprego dos sonhos tendo duas crianças pequenas para cuidar e além de tudo ver seus filhos saindo de casa para viver a própria vida. Ela também é responsável por um dos discursos finais mais interessantes do filme. Parece piegas, mas aposto que muitas pessoas mais velhas vão se identificar com o discurso.



- A trilha sonora vai desde ColdPlay até Lady Gaga, eu acabei de ver o filme e fui procurar a trilha sonora. Também tem alguns momentos bem legais para alguns amantes de Harry Potter. Também gostei da forma como o filme vai mostrando a evolução da tecnologia com o passar dos anos, celular, facebook... Tudo isso é novo, porém temos um belo discurso saudosista por parte do Mason que agrada os mais conservadores.

- O Mason Pai, apesar dele ter sido um pai ausente no começo com o passar dos anos é nítido como é possível começar do zero e mudar de vida, mesmo quando todas as chances se voltam contra nós.


Esse não é um filme feito para todos os gostos, vi muita crítica ruim e muita crítica boa. Acho que se você for assistir, veja de mente e coração aberto. Se você nunca passou por nada que o filme cita vai ser meio difícil ter alguma uma conexão, mas se você passou por situações que acontecem, esse vai ser um filme muito marcante na sua vida. 

Título original: Boyhood 
Distribuidor :UNIVERSAL PICTURES
Ano de produção: 2014
Nota: 4,5/5
Filmow

Realmente espero que vocês tenham gostado do que o filme apresenta, não dei muitos detalhes da trama pois isso não é algo fácil de dizer, é um filme que precisa ser assistido e sentido. Já assistiram ao filme ou esse não chama sua atenção? Quero saber.


6 Comentarios

  1. Desde que eu soube da existência desse Filme eu quis ver ,mas infelizmente ainda não consegui ,achei super interessante a forma que o filme foi feita ,mostrando realmente o crescimento dos personagens .Espero conseguir ver em breve .

    ResponderExcluir
  2. Olá, Rosana. Mais um premiado filme que eu não conhecia. Boyhood me interessou muito. Fiquei bem intrigado com a direção do filme em esperar 12 anos de gravações para esta maravilha cinematográfica. Sem dúvidas, é difícil passar a situação de Mason sem sequelas, consequências e dificuldades. Uma história intrigante!

    ResponderExcluir
  3. Já ouvi falar muito desse filme. De suas indicções e tudo o mais! Confesso que estou muito curioso para vê-lo, infelizmente ainda não tive um tempinho pra ele! Imagina se reencontrar com o elenco de anos em anos para fazer o filme? Deve ser uma sensação única!

    ResponderExcluir
  4. Ouvi falar muito deste filme, mas ainda não assisti. A única informação que tinha sobre ele era que ele tinha levado 12 anos para ser gravado, e isto já tinha me chamado a atenção. Conhecendo a história do filme me interessei ainda mais, como é difícil para um filho acompanhar o divorcio dos pais e a difícil jornada do envelhecimento, ver os filhos seguindo seus próprios caminhos, parece ser um filme muito emocionante e palpável, pois todos nós passamos ou passaremos por algumas destas situações. Gostei muito da dica e da resenha e vou conferir o filme pois até tinha me esquecido dele.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Olá!!
    Ainda não assisti e pra falar a verdade é a primeira vez que vejo falar do filme, e fiquei muito impressionada pelo filme ter levado 12 anos pra ficar pronto, é mesmo algo inacreditável, quero muito assistir e conferi tudo.
    Bjocas

    ResponderExcluir
  6. Oi Rosana :) Está aí mais um filme, aparentemente, muito bom que eu não conhecia. Esses tempos estou meio longe do cinema e dos lançamentos, então não fazia a mínima ideia desse filme, mas depois que li a sua impressão sobre o filme e vi sobre o que ele se tratava fiquei muito curiosa para ver! Eu nunca tinha visto um filme onde ele demorasse 12 anos para ficar pronto e ainda mais com os mesmo atores, é bem curioso. Acredito que o diretor conseguiu fazer um filme do jeito que ele realmente queria, e para o filme ser indicado ao Oscar, fez muito bem! Muito interessante, vou procurar ver!

    ResponderExcluir