Oi pessoal! Lembram da divulgação do livro da nossa autora parceira Bianca Sousa? Pois bem, tive o prazer de ler e senta que vem resenha muito boa!


Título: Laços
Autora: Bianca Sousa
Páginas: 214
Editora: Publicação independente

Apesar da aparência frágil, Lívia é perigosa. Aprisionada em uma torre por uma bruxa cheia de segredos e um passado obscuro, Lívia e ela estão mais entrelaçadas do que gostariam. Contudo, a chegada de um misterioso caçador ao reino de Corvina pode pôr tudo a perder e trazer à tona medos e desejos há muito esquecidos. "Não existem leis, somente 3 regras: Nunca brinque com a vida, a morte e o destino. Principalmente se eles estiverem de mãos dadas com o amor."




Lívia é uma vampira, que não lembra nada sobre seu passado, presa em uma torre desde bebê por uma bruxa, a Brianna. Enquanto se alimenta de homens atraindo-os com sua doce voz ao entardecer, ela imagina uma forma de escapar, embora todos seus planos tenham falhado. Lívia possui uma ligação com o príncipe de Corvina, Felipe, que só se manteve "vivo" por intermédio de sua mãe, que deu sua vida para salvá-lo. Brianna esconde muitos segredos e percebemos o quanto a bruxa é fragilizada por estar longe de sua família. Entretanto, como se deu a ligação entre Lívia e Felipe e por que a bruxa a mantém trancada? A chegada do esperto caçador Gabriel, começa a desvendar alguns mistérios, enquanto se sente atraído, de uma forma mágica ou não, por Lívia.

"Exatamente como era o mundo lá fora. Não era belo. Apenas aparentava ser. Exatamente como ela. Não era boa, nem humana. Apenas fingia ser."
Narrado em terceira pessoa, Bianca Sousa nos transporta até o reino de Corvina e os mistérios que envolvem a bruxa, os vampiros e o caçador, com o ponto de vista variando entre os personagens. Vamos descobrindo pouco a pouco os nós que compõem a trama e a autora faz isso de forma muito sutil, nos deixando curiosos e informados na medida certa. É uma história onde não existem vilões. Brianna teve seus motivos para fazer o que fez, assim como Lívia para buscar liberdade. A relação de ódio das duas se justifica pelos motivos que cada uma teve de fazer o que fez. Além disso, Brianna tem seus próprios conflitos pessoais, que no passado, acabaram culminando nos acontecimentos de Corvina. Sendo uma bruxa de luz, como ela poderia sucumbir à escuridão?

“Nunca brinque com a vida, a morte e o destino. Principalmente se eles estiverem de mãos dados com o amor. Esse laço é forte e inquebrável.”

Já o príncipe Felipe, sem a mãe, cresceu sob os cuidados da criada da mesma, porque o rei o detesta e sabe de sua condição. O menino não vê a hora de libertar o povo das tiranias que estão sendo submetidos. Mas, para isso Felipe precisa ajudar Lívia e descobrir como quebrar o laço que os une. Todos os personagens da trama são bem construídos e tem um papel importante. As relações são compostas com bastante envolvimento, mesmo Lívia e Gabriel que parecem se sentir atraídos no mesmo instante, vão descobrindo novos sentimentos dentro de si. 


“O caçador mirou o céu, mas avistou um anjo de cabelos tão negros quanto a noite fria. Ela cantava com todo seu coração, o olhar vazio e perdido na imensidão das estrelas acima de sua cabeça, como se sonhasse com algo que mesmo naquela torre seria incapaz de alcançar. Lá de baixo, do ângulo de visão que o caçador tinha, ele via a personificação de algo divino, mesmo que sombrio e macabro. Ela era como Perséfone no submundo; mesmo envolta em trevas havia algo de lindo e triste nela. A canção que entoava era um pedido de socorro.”

"Laços" envolve, emociona e apaixona na mesma medida. Todo o mistério e os cenários descritos nos prendem à trama e fazem ser uma leitura completa. Foi levemente inspirado em "Rapunzel" mas levemente mesmo, não é uma releitura. Eu amei e recomendo. Principalmente na questão do bom x mal. Como a própria autora cita: "(...) há luz e trevas dentro de cada um de nós, e, que cabe a nós escolher nosso próprio destino. Aceitar as consequências de nossos atos e viver da melhor maneira possível.”

Besos!


9 Comentarios

  1. Oi Ju...
    Que resenha incrível!!! Adorei a citação da autora: "(...) há luz e trevas dentro de cada um de nós, e, que cabe a nós escolher nosso próprio destino. Aceitar as consequências de nossos atos e viver da melhor maneira possível.” É bem verdade... Apesar de ultimamente eu estar fugindo de leituras com vampiros, essa obra me chamou muito a atenção.... Acho que vou dar uma chance a essa leitura muito em breve...
    Beijinhos....

    ResponderExcluir
  2. Oi Juliana, não conhecia essa história e achei tudo muito interessante, começando pelo fato dela ser uma vampira e esse ser um universo que gosto de ler, fiquei curiosa também quando você disse que não há vilões e cada um tem seus motivos. A capa é linda e se tiver a oportunidade vou querer ler com certeza ;)

    ResponderExcluir
  3. O livro parece bem interessante por brincar com esses seres sobrenaturais e o jeitinho de conto infantil que acaba tendo. Mas parece fugir dos clichês com um vilão e mocinhos lutando contra o bem e o mau. Gostei desse aspecto mais real da história, o lado mais humano de ver que todos tem dois lados e podem ser bons ou ruins. Acho que pode render uma leitura bem interessante.

    ResponderExcluir
  4. Oiee,confesso que esse gênero mais de fantasia não me atrai,pois o meu gosto pende mais p/ os romances...Porém,ultimamente ando pegando gosto por livros recheados de surpresa,onde a trama me surpreende e eu fico vidrada querendo saber mais e o que irá acontecer,e esse livro aparenta ser assim,então me interessei,ainda mais sobre os motivos que levaram a bruxa a prender a vampira.
    a única coisa que fiquei em dúvida é sobre o romance,tomaraaa que não tenha triângulo amoroso :'(

    Enfim,adorei essa capa,linda!
    bjss

    ResponderExcluir
  5. Ju!
    Amo livros com vampiros e outros seres fantásticos, ainda mais quando o enredo mostra que eles tem sentimentos, não são apenas cruéis...
    A resenha me deixou bem curiosa para saber como Lívia consegue se desvencilhar de Brianna e como conseguirá desmanchar o vínculo com Felipe.
    “Ano Novo!
    Um novo ano começou, e assim, eles passarão: um a um… São mais 365 dias... Novas outras 365 oportunidades de fazer diferente! Fazer melhor, fazer mais, em alguns casos, fazer menos… Espero que ao final desse tempo, possamos contabilizar quantas estrelas fizemos brilhar…” (Desconhecido)
    FELIZ 2017!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  6. Claro que me interessei por essa leitura, principalmente porque no começo já possível notar a semelhança com a história de Rapunzel. Todo esse mistério me chamou ainda mais a atenção. A trama me pareceu ser bem escrita, com personagens cativantes, já quero saber o desenrolar dessa trama.

    ResponderExcluir
  7. oI.
    Adorei a premissa, amo livros que são inspirados em contos de fadas, ou que são reconto dos mesmo, fiquei curiosa demais para conferir, a capa é lido.
    Achei interessante a cosa toda do bem x o mal, minha avó costuma dizer que eles andam junto, enfim irei ler com certeza.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas gostei muito dessa historia, achei bem interessante essa trama que a autora cria e esse mundo, também gostei de cada personagem tenha uma historia complexa e que parece não ser fácil, me deixando muito curiosa para ler e saber mais !!

    ResponderExcluir
  9. Juuh, a escritora aqui está mais que atrasada (ainda não tinha visto essa beleza de resenha), mas saiba que AMEI demais o que escreveu sobre o livro. Você passou aos leitores do blog o conteúdo sem revelar os segredos da trama e ainda conseguiu mostrar para gente os seus sentimentos durante a leitura. Adorei demais! Obrigada. <3

    ResponderExcluir