Claros sinais de loucura, Karen Harrington.

By Monique Fonseca. - 10:04


Título: Claros sinais de loucura
Original: Sure Sings of Crazy
Autora: Karen Harrington
Editora: Intrínseca
Páginas: 254
Ano: 2013



Sinopse: Você nunca conheceu ninguém como Sarah Nelson. Enquanto a maioria dos amigos adora Harry Potter, ela passa o tempo escrevendo cartas para Atticus Finch, o advogado de O sol é para todos. Coleciona palavras-problema em um diário, tem uma planta como melhor amiga e vive tentando achar em si mesma sinais de que está ficando louca. Não é à toa: a mãe tentou afogá-la e ao irmão quando eles tinham apenas dois anos, e desde então mora em uma instituição psiquiátrica. O pai, professor, tornou-se alcoólatra. Fugindo da notoriedade do crime, ele e Sarah já se mudaram de diversas cidades, e a menina jamais se sentiu em casa em nenhuma delas. Com a chegada do verão em que completa doze anos, ela está cada vez mais apreensiva. Sente falta de um pai mais presente e das experiências que não viveu com a mãe, já se acha grande demais para passar as férias na casa dos avós, está preocupada com a árvore genealógica que fará na escola e ansiosa pelo primeiro beijo de língua que ainda não aconteceu. Mas a vida não pode ser só de preocupações, e, entre uma descoberta e outra, Sarah vai perceber que seu verão tem tudo para ser muito mais. Bem como seu futuro.




Sarah procura os menores sinais de loucura,de que ela possa vir a acabar como a mãe e acha que seus sentimentos confusos e pensamentos bagunçados são sinais de que ela vai ficar louca.

 "Descobri que é preciso escolher ter coragem  todos os dias,como se escolhe a camisa que vai vestir.Não é automático".

Essa personagem de início me parece meio melodramática,mas Sarah é muito cativante e o que eu mais gosto no livro é o fato de ela ir amadurecendo nitidamente ao decorrer da leitura,deixando aquela menininha dramática do início do livro.O que eu amo nesse tipo de livro é a narrativa infantil,mas ao mesmo tempo autêntica e totalmente transparente aquilo que dizem ser sabedoria infantil.

"Depois que algo muda na sua vida,é melhor esperar por mais mudanças.É como derrubar o primeiro dominó.As outras peças não podem fazer nada só cair onde estão".

É um começo de adolescência bem difícil para Sarah ela não tem amigos com quem compartilhar o problema da mãe principalmente porque tem medo de que a julguem e se afastem como outras pessoas que já descobriram esse segredo.

"É isso o que eu sou.Uma cripta de segredos.Eles se agitam dentro do meu peito como pássaros engaiolados que querem fugir,mas têm medo de voar".

Quando Sarah já ganha um pouco mais mais de maturidade,ele começa a vê que o que antes ele considerava grandes problemas,agora não passam de incômodos como o problema do primeiro beijo.

"Pessoalmente,eu ia preferir que um garoto percebesse qual livro eu estava lendo e me dissesse que também tinha gostado.Isso me parece um sinal melhor de carinho do que um beijo".

Eu amo livros que terminam com uma perspectiva de esperança ,que não tem o final em que tudo termina perfeito,mas com uma possibilidade de dias melhores,que as pessoas que a gente ama nem sempre serão perfeitas,mas quando se tem amor se supera muita coisa.


Espero que tenham gostado da resenha,diz o que achou aqui nos comentários,obrigado por ler esse post até o fim,beijão até a próxima.






 

  • Share:

You Might Also Like

16 Comentários

  1. Hi dear,
    Nice post ;). I'm a new follower of your nice blog, can you follow mine on my blog?:)
    A hug ^^.
    Obsesión por la lectura

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas achei a premissa bem reflexiva e acredito que nos proporcione uma mensagem bem legal.
    A capa, apesar de simples, é muito simpática!
    Sua resenha está muito bem escrita, como sempre. Obrigada pela indicação.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Que premissa mais fora do comum, fiquei bem interessada em ler o livro principalmente por ter a impressão que essa é o tipo de livro que te faz refletir sobre tudo e mais um pouco, enfim gostei e pretendo ler.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Olá, livros que conseguem transmitir a evolução do personagem são os melhores, ainda que aqui a trama seja bem clichê. Pela resenha percebe-se que é possível se identificar com os problemas da protagonista, algo que pode até ajudar algumas pessoas que passam por situação semelhante. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade a história é bem clichê,mas o que eu gostei mesmo no livro foi a personagem principal.
      Beijão.

      Excluir
  5. Não sou muito fã da editora Intrínseca porque maior parte dos seus livros não faz meu gênero, então esse não é um livro que eu conheço.
    E depois de ler a resenha tenho certeza que não é um livro que irei ler, mais pra quem gosta de leitura desse tipo tenho certeza que é um bom livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um tem seu gosto não é o importante é ler.
      Beijão.

      Excluir
  6. Não estou nessa vibe atualmente, mas a resenha me deu curiosidade. Obrigada

    ResponderExcluir
  7. Eu leio a resenha e só consigo pensar no quanto eu gostaria de conhecer a Sarah e ser amiga dela, passar horas conversando... Acho que é um claro sinal de que preciso ler este livro.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Monique!
    Não costumo ler livros onde os protagonistas possuem mais ou menos a faixa etária da Sarah - doze anos - , e esse melodrama da protagonista no início do livro é algo que eu considero bastante negativo, mas fiquei contente em saber que ela amadurece no decorrer da história pois fiquei curiosa para conhecer a história dela... Gostei bastante da sua resenha, e amei os quotes, principalmente o primeiro e segundo...
    Valeu pela dica. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Any,bom eu espero que consiga ler esse porque tem uma mensagem muito boa.
      Um beijão.

      Excluir
  9. Gosto muuuuuito de livros adolescentes, mas confesso ter parado um pouco de ler, devido a alguns beeeem chatinhos que li por último.
    Mas adorei sua resenha, deu pra ver que Claros sinais de loucura nos faz refletir e torcer pra protagonista, acompanha-la com encantamento e diversão.
    Já quero!
    bjs

    ResponderExcluir