O resgate de Klaus. Sem dúvidas nenhuma, desde a aparição em The Vampire Diaries, a família Original e toda a mitologia criada em volta deles, chamou tanta atenção que ganharam uma série só para eles. Vimos um pouco do sofrimento do Klaus, que em 5 anos, foi refém do Marcel só para salvar a família. Mesmo quebrando o pau entre eles diversas vezes, quando o assunto é protegerem uns aos outros eles não falham. E foi por isso que gostei do episódio, mesmo que relativamente calmo, ele nos mostrou os embates necessários e todos reunidos, como tem que ser. Assim que despertam e "saciam" sua fome, os irmãos, mesmo a contra-gosto de Kol, que estava com medo do poder de Marcel, saem em busca de um plano para libertar quem falta na família: ele mesmo, Nik. 


Ao mesmo tempo, vemos Klaus lidando com seus medos, principalmente em não ser bom para a Hope, criando uma ilusão de que a sua terapeuta e lover Camille estava lá. Foram ótimas as cenas entre os dois, e me lembrou que, mais do que um casal, Camille extraía o melhor do Klaus e mesmo sendo humana, o fazia pensar, repensar e admitir muitas coisas. Tanto que mesmo sendo coisa da cabeça dele, conseguiu o ajudar a sair da prisão. Enquanto Elijah, Freya e Hayley vão até o "cativeiro", Kol fica de olho em Josh e Rebekah fica responsável por ir até Marcel. A conversa deles foi bem tensa, deixando claro que a loira não abrirá mão de sua família pelo que sente por ele. Marcel também não baixa a guarda, mas o cuidado que tem com "ninguém toca nela" me faz pensar que veremos mais da dupla como um casal. E eu nem falo isso porque shippo não. Sem quase todo o elenco, que foi morto, nos resta torcer por MaBekah e HayLijah que são os únicos caminhos. Se bem que agora Josh tem um novo namorado... rs



Freya é realmente poderosa e desde que retornou, não vai medir esforços para salvar sua família. Enquanto ela tenta quebrar o feitiço que protege Klaus na marra, Elijah e Marcel tem um embate daqueles... dá para ver que há muita mágoa e ressentimento ali. Hayley chega "para ajudar", mas é Klaus como sempre, que levanta das cinzas para escaparem. A conversa de todos, inclusive a resposta de Kol, que mesmo com medo peitou o Marcel, só demonstra que ele já foi parte da família, se perdeu no processo e todo o ressentimento é por conta disso. Por hora, depois de um discurso derrotista que jamais pensamos ouvir de Klaus Mikaelson, Marcel os deixa vivos e eles vão embora. O encontro com Hope ainda não aconteceu, a menina estava dormindo. Mas só o olhar e sorrisinho de lado dele, já nos garante: veremos um pai babão, e que da maneira dele, vai tentar fazer tudo certo.


Inclusive, essa é uma das questões que fazem a fórmula de "The Originals" funcionar tão bem: os vampiros mais poderosos do mundo, que tem problemas emocionais como qualquer um. Que lutam pela família "always and forever" e que mesmo com toda a carga que carregam, conseguem demonstrar alguma coisa de bom. Lembro quando Klaus anunciou que mataria "Hayley e o bebê", quando se "livrou" dela a mantendo como loba para ficar com a garota e agora ai, sorrindo todo feliz só por ver a filha dormir. O mundo dá voltas, e a construção desses personagens está acontecendo da melhor forma. Vamos aguardar somente para ver o grande mal da temporada, relacionado a magia negra, que Vincent pode experimentar esse episódio. 



PS: Já vimos anteriormente que Vincent e a esposa dele, que Rebekah ficou no corpo, trabalharam com magia negra através de crianças e por isso ele diz "que conhece essa força"

PS2: Kol está demonstrando muita raiva ao lidar com o luto por Davina... Acho que teremos plots do personagem em breve.

Besos!


ESSE POST NÃO É VÁLIDO PARA O TOP COMENTARISTA


4 Comentarios

  1. Tentei assistir alguns episódios dessa série. Mas fiquei tão perdida que não continuei assistindo.
    Minha filha que gosta!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, tudo bem?
    Eu assistir alguns episódios da serie, porém acabei deixando de lado
    Talvez algum retorno assistir novamente porque parece que ficou muito boa

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Juuh!
    Não acompanho a série, mas gosto de ver suas avaliações obre os episódios.
    “Não há nada bom nem mau a não ser estas duas coisas: a sabedoria que é um bem e a ignorância que é um mal.” (Platão)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pelos comentários, meninas!
    Bjs

    ResponderExcluir