Olááá pessoas, tudo bem? 

Hoje é dia de mais uma resenha da autora Jojo Moyes! Não preciso dizer que amo essa autora e tudo o que ela escreve, né?! O livro é sobre idas e vindas de amores e paixões intensas. Sabe aquele amor avassalador, que só acontece uma vez, aquele amor que irá durar por toda a vida. É um livro ótimo para fãs de romance principalmente os que procuram uma história que beira a realidade. Você irá se surpreender, torcer e se emocionar.

Para saber mais sobre essa lista história é só continuar lendo ♥

Título: A Última Carta de Amor
Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 378
Ano de Publicação: 2012
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé
Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. Novamente em casa, com o marido, ela tenta sem sucesso recuperar a memória de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por “B”, e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante. Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido — em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado —, Ellie começa a procurar por “B”, e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas de seu próprio relacionamento. Com personagens realísticos complexos e uma trama bem-elaborada, A última carta de amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico.

Primeiro temos Jennifer Stirling, ela é casada com um homem rico, de boa família, e socialmente conhecida. Todos os homens desejam estar com ela e todas as mulheres querem ser ela. Até pouco tempo antes do acidente em que sofrera, acreditava ser uma mulher feliz. Mas, ao conhecer o emblemático B, Jen descobre as verdadeiras particularidades da vida. Relacionando-se com ele, passa a cogitar a ideia de largar a boa vida que levava para viver esse amor, mas naquela época, em 1960, um divórcio não era algo bem visto pela sociedade. 

No outro lado da narração temos Ellie Haworth, ela é jornalista, trabalha com reportagens especiais para um jornal renomado, e possui uma vida bacana, regada de amigos e uma boa estabilidade. Exceto no amor, já que ela está envolvida com um homem casado. Esse sentimento, no entanto, trás muitos sofrimentos a Ellie, o que acaba afetando diretamente seu rendimento profissional. São duas épocas diferentes, duas histórias semelhantes, e um destino.

B. escreve cartas lindíssimas e deixa qualquer pessoa apaixonada. É um homem sensível aos seus sentimentos e paciente ao lutar pelo amor da sua vida, que ele acreditava cegamente ser singular. Jenny tinha medo do que esse amor poderia causar na sua vida, muitas vezes ela evitou e negou todos os sentimentos para dar ouvidos a razão. Quando ela finalmente percebeu seus erros, já não tinha como voltar atrás e desfazer tudo. 
Estarei na Plataforma 4, Paddington, às 19h15, sexta-feira à noite e nada no mundo me faria mais feliz do que você encontrar coragem para vir comigo. Saiba que você tem meu coração, minhas esperanças em suas mãos. Seu, B.
Jennifer jogou água fria nos olhos vermelhos e inchados pela décima quinta vez. No espelho do banheiro, seu reflexo mostrava uma mulher derrotada pela vida. Uma mulher tão distante da dondoca de cinco anos antes que as duas bem que poderiam ser de espécies diferentes, que dirá pessoas diferentes. Traçou com os dedos as olheiras embaixo dos olhos, as novas rugas de tensão na testa, e se perguntou o que ele vira ao olhar para ela.

O QUE EU ACHEI: Eu estava ansiosa pela leitura desse livro, pois esperava grandes coisas. Depois da leitura de "Como eu era antes de você" eu virei fã da autora e me apaixonei completamente pelos seus livros. Então a expectativa estava beeem lá no alto. A capa desse livro também é linda, o lacinho parece de verdade!

No início confesso que fiquei meio confusa porque o livro possui duas protagonistas – Jennifer Stirling, que vive na década de 60, e Ellie Haworth, que vive nos anos 2000 - mas nada que atrapalhasse o completo entendimento da leitura. É uma escrita leve, de fácil entendimento e que prende muito a atenção. Entre um capítulo e outro, podemos, ainda, nos deliciar com trechos de lindas cartas, recados e mensagens de amor enviados por diversas pessoas.

O livro é sobre idas e vindas de amores e paixões intensas. Sabe aquele amor avassalador, que só acontece uma vez, aquele amor que irá durar por toda a vida. A autora soube me deixar angustiada e tensa, apaixonada e sensível aos sentimentos dos protagonistas. 

Em todos os momentos do livro eu fiquei torcendo para que tudo desse certo, para que recuperasse os amores de volta, tanto aquele amor que faz o coração palpitar quanto o amor próprio. Não importa a época que cada personagem viveu, não importa a classe social ou o perfil, as duas protagonistas viveram lindas histórias de amor e se entregaram à elas sem se importar com as consequências. 

É um livro ótimo para fãs de romance principalmente os que procuram uma história que beira a realidade. Você irá se surpreender, torcer e se emocionar.

Certa vez uma pessoa sábia me disse que escrever é perigoso, pois nem sempre podemos garantir que nossas palavras serão lidas no espírito em que foram escritas
Todo ato tem uma consequência. Na minha opinião, o mundo de divide entre aqueles que veem isso e tomam suas decisões de acordo e os que simplesmente vão atrás do que lhes parece bom na hora.

Algumas capas do livro peplo mundo


9 Comentarios

  1. Oi, Rosana. Eu não conseguia imaginar este livro com essa história, mas a surpresa foi muito positiva. É impecável a forma como Jojo Moyes consegue relacionar a vida de duas ou mais mulheres, mesmo em épocas diferentes. Em A Última Carta de Amor gostei bastante de como são tratadas as condições de cada época para as mulheres, o divórcio, o papel de amante, tudo muito bem feito.

    Resenha | O Garoto Quase Atropelado ||| ➸ Participe do nosso Top Comentarista ❤!

    ResponderExcluir
  2. Rosana, eu adorei sua resenha e fiquei curiosa para ler o livro. Duas protagonistas vivendo em épocas diferentes, as cartas, amor, enfim o livro tem ingredientes para ser um romance delicioso, sem falar da escritora que me deixou desidratada quando li Como Eu Era Antes de Você. Quero muito ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Rosana, eu gostei bastante de protagonistas como a Ellie e a Jen, mesmo sendo de tempos diferentes, elas possuem muita coisa em comum e mostra muita coisa além do amor, mas também do casamento, da paixão, do ser amante, da traição, do divórcio e como lidar com isso. Jojo Moyes trata tudo de uma forma plena.

    ResponderExcluir
  4. Olá preciso confessar que também estou encantada por essa autora... E já estou querendo todos os livros dela... rsrsrs... Amo romance e com certeza esse é um livro que vou ler em breve... Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da resenha desse livro. não tinha lido nenhum até então e fiquei encantada por saber que é uma história linda assim como os outros livros da autora.

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha é a primeira que leio. Não sabia que o enredo apresentava duas época diferentes e isto me deixou ainda mais na leitura. Gosto de livros de romances com mulheres fortes e este me pareceu ser um destes. A capa realmente é muito linda. Amei sua resenha.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Comprei esse livro, mas ainda não li. Vi muitas resenhas que falavam que não era dos melhores da Jojo. Mas acho que vou amar, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  8. Rosana, eu ainda não li nenhum da Jojo, acredita??
    Me contaram o final de Como eu era, e perdi a vontade, porém, estou querendo perder esse medo kkk e ler sim, principalmente A última carta de amor e a Garota que você deixou pra trás, que tem uma capa linda de viver!!!
    Gostei da sua resenha, parece ser um livro bem fofo, com dramas e surpresas.
    Vou tentar ler algo dela logo.
    bjãooooo

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Já tinha visto esse livro mas é a primeira resenha que leio e gostei muito da historia principalmente porque parece um romance real cheio de voltas e fiquei curiosa para saber o que vai acontecer com as protagonistas !!

    ResponderExcluir