Oi gente! Hoje não sou eu que farei um top ou listinha. O blog parceiro Falando Série listou 12 séries que, na opinião deles, acabaram cedo demais. Confiram o post na íntegra:

Sabe aquela série que acabou cedo demais? Ou aquela que teve não sei quantas temporadas, mas simplesmente não cansa? São muitas histórias diferentes, mas a essência está aí: existem séries que queríamos salvar do fim e aproveitar mais um pouquinho. Arquivo-X, Gilmore Girls, Twin Peaks, Três é Demais... 2016 é o ano de revisitar os lugares que tanto amamos. Séries que nos marcaram e merecem voltar, nem que seja por alguns episódios. Muitas novidades estão saindo sobre cada uma delas e a espera parece eterna.
Então pensamos: se essas séries voltaram, por que outras não poderiam? Juntando as respostas da enquete que fizemos com nossas próprias saudades, eis 12 séries que deveriam ser ressuscitadas!


12- Smash


A série é uma jornada por trás dos bastidores da Broadway e todas as dificuldades de ascensão nesse mundo da fama. Smash foca na criação de um musical sobre a Marilyn Monroe, sua fase de testes e a luta pelo papel de Marylin entre Karen (Katharine McPhee) e Ivy (Megan Hilty).
Além disso, a série começou a se expandir para os musicais mais cults, prometendo explorar Hollywood na terceira temporada que nunca veio. A produção da série, feita por Spielberg, dava a impressão de vermos um espetáculo da Broadway em casa toda semana . Tudo isso fazia a série me surpreender e gostaria de ter visto o que mais ela poderia ter rendido. (aqui tem mais!)

11- ER


ER, ou Plantão Médico, como vocês podem conhecer, é uma série que marcou uma geração. Exibida de 1994 a 2009, com 15 lindas temporadas, ER chegou a ser a série mais assistida nos Estados Unidos por pelo menos três anos, ficando no top 10 por dez anos consecutivos. ER conta com um elenco impessionante, incluindo George Clooney e Julianna Margulies, no elenco original, e muitas outras celebridades, como Sally Fields, em papéis secundários, ou até mesmo aparecendo por um só episódio.

Mostrando a vida em uma emergência de um hospital de Chicago, ER balança os casos médicos com a vida dos médicos e enfermeiros do hospital. Ao longo dos quinze anos, muitos personagens foram, chegaram, voltaram e foram de novo, ao ponto que depois de onze anos, não havia mais ninguém – a não ser enfermeiras secundárias – que estivessem ali desde o início, mas ER conseguia a façanha de fazer essas mudanças serem tão equilibradas, que quando os personagens conhecidos saiam, você já estava apegada aos novos. Por mais que existam muitas outras séries médicas na televisão, nenhuma conseguia balancear o realismo médico com drama pessoal tão bem. É claro que nas últimas temporadas a qualidade foi caindo, com o drama ficando cada vez mais elevado ao ponto do ridículo, fazendo ER perder o seu forte. O mais importante nunca foram os personagens em si, todos podiam sair ou morrer a qualquer momento, mas sim o hospital, a equipe como um todo. 

10- Firefly


Chuck, Homeland, Suits e Castle podem fazer você reconhecer alguns rostos, mas a série que os marcou no inicio da carreira foi Firefly. Outro que podemos reconhecer é o criador da série: Joss Whedon. A série conta a história do Capitão Malcolm (Nathan Fillion) e sua tripulação na espaçonave Serenity no ano 2517. A atmosfera de ficção científica faroeste inspira a série, mas o que nos cativa são os personagens. Nove pessoas que olham para o espaço e veem nove coisas diferentes, como o próprio Whedon resumiu. Em apenas 14 episódios, cada um consegue ganhar nosso coração.

O problema da série foi o tempo. Muitos mistérios ficaram mal resolvidos e histórias, corridas. Apesar de ficar feliz pelo filme Serenity, lançado em 2005, infelizmente o longa não conseguiu resolver as pontas soltas e, mais uma vez, o potencial da série foi espremido. No entanto, Whedon deixou outro gostinho para os fãs: uma minissérie de HQs chamada Serenity.

9- Veronica Mars


A saudade de Veronica Mars é tão grande que até já voltou por meio de um filme, lançado em 2014, e de uma série de livros escritas pelo mesmo autor. Mesmo assim, os fãs não param de desejar que a série volte em seu formato verdadeiro. A história do gênero Noir, mostrando uma adolescente detetive em potencial que desvendava mistérios em sua pequena cidade da California, ao mesmo tempo que tentava lidar com o recente assassinato de sua melhor amiga, dramas escolares e traumas passados, foi cancelada em 2007, em sua terceira temporada.

Apesar da qualidade da série ter caído um pouco em sua última temporada, devido a combinação da mudança de cenário – já que todos os personagens estavam indo para a faculdade - com uma escolha temática pesada demais para sustentar uma temporada, Veronica Mars mostrou com seu filme que ainda tem muito potencial para dar, principalmente agora que tantos anos se passaram e vemos os personagens como adultos! (aqui tem mais!)

8- Chuck


Espiões, nerds, ação, comédia e romance: Chuck combinava perfeitamente todos. Depois que Chuck, um nerd dos computadores, absorve várias informações confidenciais por meio de um Intersect, ele precisa trabalhar junto com dois agentes da CIA e da NBA para utilizar o conhecimento que obteve e assegurar que ninguém mais tivesse acesso ou destruísse. Chuck era uma série impossível de não se gostar, os atores tinham uma química inegável e o enredo era capaz de ir do humor ao drama com a maior harmonia possível.

Infelizmente, a série passou anos lutando para não ser cancelada até ser anunciada que a quinta temporada seria a última. Por mais que uma parte importante da série tenha se modificado na última temporada, ela comprovou que era possível mantê-la em seuformato  mesmo assim, sem perder a essência, podendo muito bem voltar a passar anos depois. Uma mini-série, ou pelo menos um filme, viria muito bem a calhar, principalmente pelo suspense sobre uma certa personagem que nunca ficou claro como acabou.

7- Forever


Só durou uma temporada, mas a história de Henry Morgan (Ioan Gruffudd) cativou muita gente. Sendo um médico legista com para lá de 200 anos de idade, a série conta sua busca pela resposta de uma difícil pergunta: por que é imortal? Mas não pense que era só isso, o drama criminal também involvia nosso eterno Senho Fantástico ter um embate com um assassino que, assim como o médico, sofre com essa tal imortalidade.

Recheada de flashbacks, a série ia dando um gostinho das vidas passadas de Henry e certas peculiaridades sobre suas dezenas de mortes e como sempre renasce na água. Os mistérios continuaram e haviam muitos planos para quem descobriria o segredo de Henry, entre outras coisas, para a série. Uma pena que não puderam ser realizados, principalmente depois daquele final. 

6- Under the Dome


O mundo distópico de Stephen King conta a história dos habitantes de uma pequena cidade e o intenso mistério sobre o porquê uma redoma cobre a cidade de repente. Não só isso, mas todas as consequências de uma situação como essas. Como você reagiria se algo assim acontecesse? Como lidaria com os recursos escassos e aumento da tensão? Entre seus muitos personagens, contamos com o vereador Big Jim como regular, papel de Dean Norris, já conhecido pelos fãs de Breaking Bad.

Infelizmente, depois do sucesso da primeira temporada, muitos perceberam uma queda de qualidade nas outras duas temporadas. Ainda assim, Under The Dome deixou muitos fãs querendo mais, com esperanças que a série alcançasse o potencial que tinha. 

5- House


Como não sentir saudades daquele médico sarcástico e chato, mas ao mesmo tempo genial? Oito temporadas parecem não ter sido suficientes. As últimas temporadas tiveram seu número de críticas e uma decaída visível. Claro, muita gente preferia o time original, outros, os personagens mais novos, mas uma coisa era fato: House continuava a ser uma série médica clássica sempre nos surpreendendo, não só com as descobertas nos casos, mas com seus personagens. 

Foi ali que conhecemos a independente Cameron, o charmoso Chase, o responsável Foreman e nosso querido e paciente Wilson, além de tantos outros com suas histórias e passados malucos. Com seu humor tão peculiar, House vai fazer falta.

4- Hannibal


Depois de passar pelo cinema, os clássicos livros de Thomas Harris ganharam mais uma adaptação. A série focava no relacionamento do psicólogo Hannibal Lecter (Mads Mikkelsen) com o agente do FBI Will Graham (Hugh Dancy). O fascínio que Lecter tem pelo agente vai crescendo e, com os pés dentro das investigações de seus crimes, ele tenta manipular o agente. Além dos personagens do livro, a série ainda criou papéis como o de Gillian Anderson, para a alegria dos fãs de Arquivo-X.

Toda as manipulações, reviravoltas e cenas fortes da série fizeram muita gente ficar na ponta do sofá e querer conhecer mais a mente do psicopata e como Will poderia desmarcará-lo. Foi uma pena saber que, depois de três temporadas, não poderíamos mais acompanhar esse thriller. 

3- Constantine


Com tantas séries de quadrinhos, Constantine parecia promissora, mas não sobreviveu. Apesar disso, ela já deixou órfãos com apenas uma temporada e chegou ao nosso terceiro lugar. A história de John Constatine (Matt Ryan) prometia conhecermos mais sobre o exorcista e sua luta contra o sobrenatural. Destruir demônios, ensinar uma aprendiz e brigar para ter sua alma de volta abriram nossas portas para esse mundo e eram o ponto central da série.

Depois de tanto pedirem, os fãs até que conseguiram ter Constantine por um episódio, mas em outra série. Arrow possibilitou que John Constatine voltasse para restaurar a alma de Sara, além de ter conhecido Oliver Queen no passado. Mas bom mesmo, seria ter uma segunda temporada, certo? 

2- Gossip Girl


A série conta a história de Serena e sua luta para recuperar amizades e o status que tinha antes em sua escola. Além dela, personagens icônicos como Blair, Chuck e Dan mostraram todo o glamour e sofisticação de Nova York ao estilo Sex and The City. Com participações especiais de atores, músicos e estilistas famosos, a série rapidamente se tornou um fenômeno. 

O grande mistério da série era a identidade da Gossip Girl, que escrevia os escândalos de Serena em seu blog. Todos tinham suas teorias e a revelação, feita na series finale, teve suas contradições. Independente de ter gostado ou não, uma coisa é certa: foi uma grande surpresa. 

No 100º episódio da série, o então prefeito de Nova York declarou dia 26 de Janeiro o dia Gossip Girl. Incrível, né? Agora fica fácil entender porque tanta gente ama a série e aguarda por uma ressureição. 

1- Friends


Um clássico é sempre um clássico. Por mais que o final da série tenha sido satisfatório, seria maravilhoso ver por onde estariam Chandler, Phoebe, Rachel, Ross, Joey e Monica hoje em dia. Completando dez anos desde sua criação, Friends teria grandes chances de ter um revival, mas até agora nada. Muitos boatos correm e há anos que os fãs tentam revisitar o Central Perk e os apartamentos icônicos da série, mas parece que há um medo de destruir o final perfeito e a visão das pessoas quanto à série.

Uma coisa é certa, por mais que tenha seus riscos, Friends seria uma ótima série para ser ressuscitada. As piadas eram simples e geniais, os personagens reais e apaixonantes, e as amizades tão inseparáveis que nos fez não querer mais nos desgrudar.
Vocês também acham que essas deveriam voltar? Quais outras sugerem? ;)

Eu conhecia algumas da lista. Sou louca para assistir "Forever", "Gossip Girl" tenho preguiça por tantas temporadas, "Chuck" eu gostava e "Under dome" eu nem sabia que tinha sido cancelada :/
Agora, unanimidade é a volta de "Friends" né? Queremos no mínimo umas 30 temporadas hahaha


6 Comentarios

  1. Adorei sua lista, Gossip Girl, House, Constantine...<3 Algumas não conhecia.

    Visite: http://carpediemmica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do post. Conhecia algumas séries, outras não. As que acompanhei das que foram citadas foi House e Under The Dome, no caso desta última fiquei super triste com o cancelamento, o final não ficou nem um pouco digno, fiquei super decepcionada pois gostava da série, que bom se ela voltasse, ou se pelo menos tivesse um especial para explicar melhor alguns fatos... rs...
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Adorei esse post... Várias dessas séries eu acompanhava (e FRIENDS assisto até hoje... rsrs)... E concordo também que Friends deveria ter muito mais temporadas, pois é sensacional... Beijinhos...

    ResponderExcluir
  4. Dessas só assisti Chuck mesmo kkkkk mas morro de vontade de assistir Friends, to pensando até em comprar o box com todas as temporadas, porque marcou a vida de muitaaaaa gente, mas eu não cheguei assistir =/
    House minha mãe adoraaaa tmabém.
    bjsss

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu lembro que Smash começou a passar em tv aberta, ainda assisti alguns episódios e curti. Mas não procurei ver depois! haha Chuck eu só assistia pelo SBT e amava, era muito boa. hahaha Vou até procurar pra ver! :p Pena que ficou só até a 5ª temporada. Eu só assisti o piloto de Under the dome, mas tinha tudo pra ser ótima e continuar... pena que se perdeu e cancelaram. Ainda não terminei GG, preciso. rs
    Beijos,
    Kamilla
    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Super concordo, Hannibal, Friends, Constatine, são séries maravilhosas que nunca deveriam deixar de serem exibidas! Hahaha

    Bjs!
    http://blogimaginacaoliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir